La ciática A sensação de dor aguda e os sintomas associados à ciática podem exigir um curto período de repouso e, em alguns casos, tratamento adequado, dependendo da gravidade da doença.

SCIATIC

La ciática também conhecido como ciática é uma condição transitória que ocorre devido à inflamação da nervo ciático Na maioria dos casos, este problema surge como resultado da compressão do nervo com o mesmo nome.

Também conhecido como nervo isquiático, é o nervo mais longo do organismo humano. Partindo da medula espinal, o nervo desce na zona dos ossos pélvicos até chegar à parte de trás das coxas, razão pela qual os sintomas ocorrem entre a zona lombar das costas e a parte superior da coxa.

A ciática subjacente pode ser causada por patologias como:

  • estenose vertebral
  • hérnia discal
  • protrusão discal

No primeiro caso, é o canal das vértebras que se estreita, comprimindo anormalmente a medula espinal no seu interior. A hérnia discal, por outro lado, é uma patologia progressiva em que um disco intervertebral é deslocado da sua posição natural. Enquanto que a protrusão se caracteriza por uma saliência do disco que pode comprometer os nervos na proximidade, provocando dores agudas epor vezes criando desconforto ao caminhar.

Mas vejamos especificamente quais são os sintomas, como tratar a doença e como pode ser feita a prevenção.

LEIA TAMBÉM: Acupunctura: quando é necessária e onde é gratuita

SINTOMAS

As pessoas que sofrem de ciática apresentam, na maioria dos casos, sintomas como

  • Dor localizada aguda e lancinante: da região lombar até à nádega e/ou coxa
  • Formigueiros
  • Dormência nas pernas ou nos pés
  • Dificuldades de movimento
  • Fraqueza muscular

O exame físico e a história clínica são geralmente suficientes para oferecer um diagnóstico correto da ciática.

CIÁTICA É MELHOR DESCANSAR OU ANDAR

Não se pode dar uma resposta universal, mas como muitos médicos afirmam, é preciso saber ouvir o estado do próprio corpo Por conseguinte, se a dor sentida for incontrolável e houver poucas possibilidades de movimento, é preferível descansar e esperar que o estado de saúde melhore. Por outro lado, se a dor não for tão aguda e for possível andar, um caminhada lenta-moderada pode fortalecer os músculos e até acelerar a cicatrização.

REMÉDIOS DA AVÓ

Existem vários tratamentos para a ciática e, nos casos mais comuns, os remédios naturais e homeopáticos Especialmente para o tratamento da ciática são possíveis várias soluções, nomeadamente:

  • Arnica da montanha
  • Garra do diabo
  • Compressas frias alternadas com compressas quentes
  • Chás de ervas e infusões em gengibre fresco ou ervas com propriedades anti-inflamatório
  • Sal grosso: aquecido numa panela, embrulhado num pano e aplicado na ferida.
  • Para dormir, aproximar as pernas do peito, como em posição fetal Ajuda a relaxar as costas e a aliviar as dores.

Estas são apenas algumas das muitas opções que podem ser tentadas para obter algum alívio e tratar a ciática. No entanto, é necessário obter primeiro um diagnóstico correto do seu médico, especialmente para excluir quaisquer patologias relacionadas.

CIÁTICA QUANDO SE DEVE PREOCUPAR

A dor ciática, quando ligeira, não requer qualquer atenção especial e cura-se num curto espaço de tempo. No entanto, é aconselhável consultar um médico quando os remédios naturais ou as curas "faça você mesmo" não dão resultados durante mais de uma semana, especialmente se o nervo se agravou e a dor se tornou mais intensa durante esse período.

MELHOR QUENTE OU FRIO PARA A CIÁTICA

Os sintomas da ciática podem ser mais aliviados com o tempo frio De facto, são as contraturas musculares ou as afecções musculares em geral que preferem o calor para aliviar a dor. Em contrapartida, para o nervo ciático, o frio pode ser um excelente aliado. A aplicação de gelo, não em contacto direto com a pele, mas envolto num pano, por exemplo, melhora a circulação e reduz a dor momentânea sentida.

PREVENÇÃO

É melhor prevenir do que remediar, como diz o ditado, mas nem sempre é possível. No entanto, é possível reduzir a percentagem de risco de inflamação do nervo ciático seguindo algumas pequenas medidas:

  • Prática atividade física
  • Fazer Alongamento
  • Reforçar os músculos
  • Manter-se em forma
  • Preferir um postura correcta
  • Levantar pesos com as técnicas correctas

A atividade física é a solução vencedora para melhorar a condição psico-física em geral e, especificamente, pode também reduzir o risco de inflamação do nervo ciático.

Andar a pé , nadar e manter os músculos fortes são actividades fundamentais para prevenir não só a ocorrência de ciática no futuro, mas também outras formas de doença.

LER TAMBÉM: Até o frio é bom para a saúde

3 EXERCÍCIOS PARA A CIÁTICA

A atividade física é uma forma importante de prevenir a ciática e mesmo exercícios simples em casa podem dar um grande contributo.

  1. Deite-se de costas, aproxime um joelho de cada vez do peito e conte até 10. As costas devem estar direitas e os glúteos apertados.
  2. Abs Em posição supina, coloque as pernas com os joelhos dobrados para cima e os pés no chão. Leve as mãos ao peito, como se as cruzasse, e levante os ombros, a não mais de 30 cm do chão. Faça 10 repetições por 3 vezes com a cabeça direita, sem que o queixo toque no peito à medida que se eleva.
  3. Alongamento da coluna : em posição supina, levar os dois joelhos ao peito e tentar repetir pelo menos 30 vezes.

OUTROS EXERCÍCIOS OU PRECAUÇÕES PARA REDUZIR OS RISCOS:

  • Ginástica em casa: exercícios a custo zero
  • AVC de bruxa: exercícios e precauções para o evitar
  • Exercícios para fazer durante a gravidez
Rolar para o topo