Popular pelas suas flores azuis em forma de sino Reunidos em umbelas hemisféricas, os agapantos embelezam, sobretudo no verão, os jardins mediterrânicos. Existem cerca de dez espécies e outras tantas subespécies, de 30 a 60 centímetros de altura, todas originárias da África do Sul, com folhas carnudas, em forma de fita, geralmente sempre verdes. Cada caule pode dar até 25-30 flores.

AGAPANTO

A planta do agapanto é muito antiga, originária da África do Sul e difundida nos jardins europeus a partir de 1600, e o seu nome deriva do grego Agapanthus, ou ágape , significado o amor e a convivência fraterna e antros , flor De facto, a bela flor de agapanto, com a sua inconfundível cor azul e a sua longevidade, sempre foi um símbolo do amor. Na África do Sul, as mulheres usavam colares feitos de flores e raízes secas de agapanto no dia do seu casamento e após o nascimento dos seus filhos.

COMO CULTIVAR AGAPANTOS

Hoje em dia, o agapanto é uma flor muito cultivada, mesmo em Itália, e é fácil fazê-lo quer no jardim quer num simples vaso: a sua beleza torna-o visível em todo o lado. A planta cresce muito rapidamente e deve ser plantada na primavera, a uma distância segura do período de geada do inverno. a sementeira deve ser efectuada na primavera .

LER TAMBÉM: Como cultivar magnólia em vasos e no jardim

COMO CULTIVAR AGAPANTOS NUM VASO

Para melhor cultivar o agapanto num vaso, é preciso escolher pequenos contentores O segredo do vaso pequeno e estreito (que evita o repotenciamento) está relacionado com o facto de o agapanto crescer bem, e mais depressa, onde vive em contacto estreito com outras plantas da sua espécie.

EXPOSIÇÃO E CLIMA

Não totalmente rústico, os agapantos devem ser tratados com precaução em regiões com um clima invernal rigoroso Nestas zonas, também pode viver a pleno sol, enquanto que nas zonas mediterrânicas é preferível uma meia-sombra clara, por exemplo, na base de árvores com folhagem esparsa. A planta não é particularmente complicada no seu crescimento, mas é bom saber que não gosta de golpes de vento nem de sol direto.

CUIDADOS COM O SOLO E A CULTURA

O agapanto prefere um solo rico em matéria orgânica O agapanto deve ser plantado em terreno fértil, com bastante areia para garantir uma boa drenagem, e necessita de uma cobertura vegetal espessa de estrume velho, folhas e turfa no outono. Quando o agapanto é plantado, deve ser trabalhado, por escavação, a uma profundidade de 30 centímetros. As raízes devem ser enterradas a 15 centímetros de profundidade, deixando uma distância de 40 centímetros de uma planta para a outra.

PARA MAIS: Como cultivar girassóis

ANÚNCIOS

O agapanto gosta de uma rega generosa abril a setembro Não é necessário regar em demasia e é importante evitar o encharcamento, que pode causar problemas. Para estar seguro, regue quando vir o solo seco.

SEMENTEIRA E FLORAÇÃO

As novas plantas podem ser obtidas por propagação vegetativa, dividindo os tubérculos em março e replantando-os imediatamente, ou por semente. plantação de bolbos A floração ocorre entre julho e outubro, e algumas conseguem mesmo florescer duas vezes durante a mesma estação.

PODA

Também o poda O tratamento do agapanto é muito simples: basta retirar as flores secas, murchas ou podres para que as outras flores cresçam livres e viçosas.

AGAPANTOS NO INVERNO

O agapanto não é uma planta que resista a temperaturas muito baixas, abaixo de zero. Por isso, sobretudo se for da variedade perene, é aconselhável colocá-lo num recipiente e levá-lo para dentro de casa para o proteger das frio Aqui, deve ter uma boa exposição à luz e ao sol que se filtra nos dias bonitos, estar bastante seco até à chegada da primavera e deixar de adubar nessa altura. De novembro a abril, o agapanto está em repouso vegetativo. O único cuidado que deve ter é livrar a planta da folhagem amarelada.

LER MAIS: Como cultivar a begónia em vasos e no jardim

DOENÇAS E REMÉDIOS

Os agapantos podem estar sujeitos a certos tipos de cogumelos devido a humidade excessiva do solo Se for esse o caso, reduza drasticamente a rega. Cuidado com os caracóis e as lesmas que chegam quando as folhas da primavera saem. Mais uma vez, o excesso de água pode estar na origem do problema e a solução mais eficaz é evitar a rega excessiva.

Subscreva a nossa newsletter para se manter atualizado, clique aqui!

FLORES PARA CULTIVAR NO JARDIM:

  • Como cultivar íris e cuidar delas
  • Como cultivar o lírio
  • Como cultivar cravos no jardim e em vasos
Rolar para o topo